Estou sendo executado pelo banco, posso revisar os contratos de renegociação?

Picture of Equipe RFADVS

Equipe RFADVS

Se preferir, vá direto ao ponto..

O que diz a lei sobre o assunto?

A Súmula 286 do Superior Tribunal de Justiça, consolidada no ano de 2004, possui o seguinte entendimento: “renegociação de contrato bancário ou confissão de dívida, não impede a possibilidade de discussão sobre eventuais ilegalidades dos contratos anteriores”.

Em que pese tal súmula ter sido editada há bastante tempo, é pacificando pelo STJ a possibilidade de discussão dos débitos desde a sua origem.

Portanto, sempre que houver demonstração, mesmo que parcial, da existência do vínculo entre a contratação executada e os contratos anteriores, é possível e pertinente que seja aplicada a Súmula 286 do STJ, em sede de embargos à execução.

O art. 917 do Código de Processo Civil e incisos, dispõem sobre quais são as matérias que podem ser trazidas à discussão, com destaque especial ao contido no inciso VI, que assegura a discussão de qualquer matéria que poderia, licitamente ser discutida em processo de conhecimento.

O que o texto legal prevê?

Vê-se que o próprio texto legal prevê a possibilidade de se alegar nos embargos à execução, além das matérias elencadas, qualquer outra matéria que seja pertinente ao julgamento da execução. Assim, resta possível ao embargante atacar a pretensão executiva inclusive sob o aspecto da liquidez do título em caso de demonstração do encadeamento contratual ou possibilidade de discussão da relação contratual desde a sua origem.

Não obstante, ainda que ausentes as contratações anteriores ao título apresentado na ação executiva, para a viabilizar a discussão dos contratos anteriores com característica de renegociação na forma da súmula 286 do STJ, possível e necessária, em sede de embargos à execução, a inversão do ônus da prova pautada no diploma consumerista ou a distribuição dinâmica diante da maior facilidade da parte embargada em produzir prova da matéria controvertida.

E se não apresentar os documentos solicitados?

Agora, se a instituição Bancária deixar de apresentar os documentos solicitados, a solução mais adequada segundo dispõe o art. 400 do Código de Processo Civil é aplicação da presunção de veracidade, extinguindo-se a ação de execução, sem julgamento de mérito, por falta de requisito de liquidez ao título apresentado, uma vez que não há como apurar o valor real do título.

O conhecimento da natureza dos contratos anteriores ao título executivo apresentado viabiliza ao executado a discussão das amortizações, da evolução e dos encargos aplicados em cada período e contrato encadeado, com direta repercussão no saldo devedor apresentado pelo exequente.

Se você está sofrendo uma execução de título por parte de uma instituição bancária, ou conhece alguém que esteja passando por este transtorno, orientamos que entre em contato com nosso escritório e converse com um especialista.

Avaliações​ do nosso escritório

Excelente
Com base em 175 avaliações
Carina Arruda
Carina Arruda
2024-05-09
Quero expressar minha sincera gratidão ao advogado Rodrigues Ferreira e sua equipe pelo excelente trabalho que estão realizando. Seu profissionalismo, dedicação e expertise têm sido fundamentais para enfrentar os desafios deste caso. Estou extremamente satisfeita com o comprometimento e a qualidade do serviço prestado. Muito obrigada pelo seu excelente trabalho!"
Gerson de Sousa Santos
Gerson de Sousa Santos
2024-05-06
Excelentes profissionais, ótimo atendimento altíssimo nível..
amada querida
amada querida
2024-05-03
Ótimo.um excelente profissional com muita capacidade . Eu recomendo.
Marcia Sacramento
Marcia Sacramento
2024-05-02
Super atenciosos
Luis Frosini
Luis Frosini
2024-05-02
E com clareza e verdade se dedicou em resolver meus processos
Marcel Grein
Marcel Grein
2024-04-30
Excelente atendimento, e muito prestativo. Tirou todas minhas duvidas, super recomendo.
Cristhian Heck
Cristhian Heck
2024-04-30
Excelente atendimento. Muito solícitos, tiram todas as dúvidas e já nos primeiros dias tivemos resultados que me ajudarão bastante nas próximas etapas.
Aline Melo
Aline Melo
2024-04-25
Excelente atendimento, ágil , e os advogados são muito prestativos e empáticos. Desde o primeiro contato fui sempre bem orientada pela Dra. Fernanda e o Dr. Fernando, além da equipe de atendimento. 👏
Maurino Ferreira
Maurino Ferreira
2024-04-24
Uma equipe muito prestativa super recomendo .

Está superendividado?

A lei do superendividamento pode te ajudar!